Palavra do Senhor

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32)

sábado, 31 de dezembro de 2011

TODO MUNDO – ALGUÉM – NINGUÉM – QUALQUER UM

Era uma vez, em uma empresa, quatro pessoas que se chamavam:
1 – TODO MUNDO
2 – ALGUÉM
4 – NINGUÉM

3 – QUALQUER UM   
Havia um importante trabalho a ser feito e TODO MUNDO acreditava que ALGUÉM iria executá-lo. QUALQUER UM poderia fazê-lo. Mas NINGUÉM o fez.
ALGUÉM ficou aborrecido com isso, porque entendia que sua execução era responsabilidade de TODO MUNDO.
TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia executá-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO não o faria.
Final da estória: TODO MUNDO culpou ALGUÉM quando NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito.
Dê o seu melhor no dia de hoje em sua profissão ou em qualquer atividade que realizar. E, na vida espiritual, muito mais! Por falar nisso, já tirou um tempinho para buscar o reino de Deus? Já orou? Já leu a Bíblia hoje?

QUE EM 2012 FAÇAMOS DIFERENTE.

FELIZ ANO NOVO A TODOS

domingo, 30 de outubro de 2011

De olho nas Igrejas PSD filia candidatos religiosos

O PSD-RJ conseguiu um importante elo com o eleitorado religioso. Sem alarme filiou: Samuel Malafaia (irmão do pastor Silas Malafaia), Marcos Soares (filho do missionário R.R. Soares), Arolde de Oliveira (dono da maior gravadora gospel do país) e, na quinta-feira (27) a tarde, Myriam Rios, ex-mulher de Roberto Carlos (da Renovação Carismática Católica).

O PSD parece estar apostando na credibilidade dos políticos religiosos e aproveitando o momento do crescimento evangélico no país. Apesar de que para muitos política e religião não se misturam o povo cristão é a força de voto em um país 90% cristão.

– Eleitoralmente, é importante e estratégico – disse Indio Costa, sobre ter na sigla políticos de diferentes religiões.

As crises políticas e, os sucessivos escândalos, fortaleceram ainda mais os políticos evangélicos. Talvez o de maior credibilidade no país, o Senador Magno Malta (PR-ES), tem sido um dos nomes mais comentado na mídia cristã e secular. Além de Magno Malta os pastores Silas Malafaia e Marco Feliciano podem assumir um importante papel no meio político.

Silas Malafaia é provável candidato a prefeitura do Rio de Janeiro em 2012, enquanto Marco Feliciano quer se reeleger como senador. As constantes batalhas de ambos contra as “leis de privilégios”, como diz Malafaia, colocou os deputados em pé de guerra com ativistas gays.

A expectativa agora fica por conta da filiação política de Silas Malafaia, já que o pastor da Associação Vitória em Cristo não é filiado a nenhum partido político.

Fonte: overbo.com

‘Por milagre’, grávida sobrevive a queda do 10º andar

Que acontecimento maravilhoso, e ainda dizem que Deus não opera mais milagres.

Fortaleza- A faxineira Daiani Beatriz Manoel, sobreviveu a uma queda do 10º andar de um prédio, onde trabalhava, vindo a cair em um terreno no qual estavam 4 cães da raça rottweiler, que não a atacaram.

Jackson Coelho, marido da vítima, descreve o acontecido como ‘por milagre’ sua esposa e o bebê de dois meses que ela espera terem sobrevividos a queda de 30 metros.

“Ela está bem e tranqüila, nosso bebê de 2 meses está bem. Foi um milagre. Conversei
com minha esposa e ela não lembra o que aconteceu, acha que desmaiou e acabou
caindo”, disse o mecânico.

O casal tem uma filha de sete anos. O hospital em que Daiani está internada informou ao G1, que ela terá de ficar, ao menos, mais dois dias em observação para avaliar se houve algum problema neurológico.

Fonte: Portal Padom

sábado, 22 de outubro de 2011

Esportes - Atletas de vários países usam espaço da Vila do Pan para prestarem cultos a Deus


Evangélicos se reúnem e conta até com a presença de um pastor do Atletas de Cristo para conduzir os cultos
Os atletas que estão participando dos jogos Pan-Americanos em Guadalajara, México, estão aproveitando o tempo livre para se reunirem e participarem de cultos dentro da Vila do Pan. Essa Vila tem vários outros espaços como salas de lazer, relaxamento, convivência e um espaço ecumênico onde os encontros têm acontecido.
Os cultos reúnem atletas de vários países, principalmente do Brasil que tem muitos competidores cristãos. Entre eles a atacante da seleção brasileira de futebol, Ketlen Wiggers, de 19 anos. Ela comenta em seu Twitter que os cultos dentro da Vila têm sido “tremendos”.
“Cheguei da igreja, foi benção. Tremendo mesmo. O melhor é saber o que Deus faz com as outras pessoas”, escreveu ela que é uma das líderes do grupo de evangélicos lá em Guadalajara. As reuniões contam até com um pastor dos “Atletas de Cristo”.
Além de Ketlen outras atletas do time de futebol também participam dos cultos, como Renata Diniz, Thais e Beatriz. Mas os cultos não são exclusivamente para brasileiros. “Nós vimos muita gente do México ontem. Também tinha um pessoal do atletismo da Colômbia”, diz a atacante.
Fonte: Uol

domingo, 18 de setembro de 2011


Aline Barros é a única artista evangélica a disputar o Grammy Latino



A cantora Aline Barros está concorrendo mais uma vez ao prêmio de categoria “Melhor Álbum Cristão de Língua Portuguesa” no Grammy Latino 2011. A diferença desse ano é que a cantora carioca estará disputando o prêmio somente com bandas e cantores católicos, nenhum outro cantor evangélico foi indicado ao prêmio.

“A gente nunca espera, e quando o resultado chega, a gente tem uma surpresa. Estou muito feliz, minha família também”, disse Aline que já ganhou o Grammy duas vezes, em 2007 com o CD Caminhos de Milagres e em 2006 com o CD Aline Barros & Cia.

“A gente sabe que o que acontece na nossa vida é tremendo, Deus sabe de tudo. Este CD tem movido o coração de muitas pessoas. Tenho certeza que Ele está preparando algo especial, não só para mim, mas para todas as pessoas que O amam. Esta indicação é fruto do Extraordinário Amor de Deus por nós”, disse Aline Barros.

Fonte: Gospel Prime

Cresce o número de cristãos na China, governo fala em 25 milhões de pessoas

É visível o aumento do número de cristãos na China, depois de tanta repressão por parte do governo, hoje a população está mais livre para poder frequentar cultos sem se esconder, tanto que aos domingos as igrejas tanto evangélicas ficam cheias e muitos já consideram que neste dia da semana tem mais fiéis nas igrejas chinesas do que nas igrejas espalhadas pela Europa.

Ainda não há números exatos que apontem a quantidade de cristãos no país, enquanto o governo chuta o número de 25 milhões – 19 milhões de protestantes e seis milhões de católicos, fontes não oficiais estimam 60 milhões de cristãos ao todo.

Apesar dessa boa notícia, as igrejas ainda estão restritas às ordens do governo chinês, desde a década de 80 é as autoridades quem autoriza o funcionamento de uma igreja que são chamadas de igrejas oficiais, elas são subordinadas à administração do Estado para assuntos religiosos e não podem tomar parte em qualquer atividade religiosa fora dos locais designados ao culto. Além disso, elas devem aderir ao slogan “Ame o país, ame sua religião”.

Outro dado relevante é que na China o ateísmo é pregado nas escolas para cumprir o objetivo do Partido que é “proteger e respeitar a religião até o momento em que a religião por si só desapareça”. Pensamento fruto da herança política de Mao Tsé Tung que considerava as religiões como um “veneno”.

Tipos de Igrejas na China
Hoje tanto protestantes quanto católicos estão divididos, na China, entre igrejas oficiais e não oficiais.

A Associação Patriótica Católica, aprovada oficialmente, nomeia seus próprios bispos e não tem permissão de manter qualquer contato com o Vaticano. Mas existe no país uma Igreja Católica extraoficial, maior, que conta com o apoio do Vaticano.

A Igreja Protestante oficial, por sua vez, cresce ainda mais rápido do que a católica. Mas há outro tipo de igreja protestante que também tem crescido bastante no país, as chamadas “igrejas domésticas” que são clandestinas, ou melhor, não têm a autorização do Estado e por isso incomodam o governo que reage com prisões.

Fonte: Gospel Prime

HUNGRIA REDUZ RECONHECIMENTO DE COMUNIDADES RELIGIOSAS

Nova lei prevê esta drástica diminuição para evitar fraudes

BUDAPESTE, quarta-feira, 14 de setembro de 2011 (ZENIT.org) – No próximo dia 1º de janeiro, entrará em vigor na Hungria uma nova e polêmica lei que reduz, de 358 a 14, o número de denominações confessionais reconhecidas pelo Estado.
A nova lei reconhece a Igreja Católica, cujos fiéis representam mais da metade da população, mas deixa “fora do jogo”, ainda que com a possibilidade de voltar a ser reconhecidas, inclusive comunidades tradicionais como a islâmica e a metodista, segundo destacou o L’Osservatore Romano ontem.
Por isso, um grupo de intelectuais, ex-dissidentes políticos durante os anos do comunismo, lançou um apelo aos responsáveis pelas instituições europeias, pedindo respeito pelo direito à liberdade religiosa.
Os bispos católicos abordaram a questão em sua reunião nos dias 6 e 7 de setembro. O núncio, o arcebispo Alberto Bottari de Castello, destacou que “se trata de uma lei que costuma ser chamada de liberdade religiosa, mas que, na realidade, se refere unicamente à personalidade jurídica das comunidades religiosas”.
Na prática, o Estado se reserva a definição do seu status jurídico, razão pela qual a Igreja Católica a vê com uma atitude de “atenção e respeito”, explicou.
De fato, a nova lei tem o objetivo declarado de deter a notável proliferação de associações que, nos últimos vinte anos – isto é, desde o final do regime totalitário –, se beneficiaram com a ajuda econômica pública, fazendo-se passar por comunidades religiosas.
As realidades excluídas da lista poderão solicitar um novo registro, com as aprovação de dois terços dos membros do Parlamento e o cumprimento de diversas condições, como explicitar os conteúdos da própria fé, ilustrar a estrutura organizativa e demonstrar a presença na Hungria há pelo menos vinte anos.
Uma emenda ao projeto de lei, aprovada no último momento, cancelou o requisito de contar com pelo menos mil fiéis.
O Parlamento húngaro aprovou a lei no último dia 12 de julho, com 254 votos a favor e 43 contra, mas isso provocou uma série de protestos e reações. Dezesseis pequenas comunidades religiosas destinadas a perder seu reconhecimento oficial apelaram ao Tribunal Constitucional e enviaram uma carta às principais autoridades políticas do país.
Além disso, quinze escritores, intelectuais e políticos que, nos anos 70 e 80 participaram do movimento de oposição ao comunismo, dirigiram uma carta aberta a alguns altos cargos da União Europeia pedindo uma ação decidida em defesa da liberdade religiosa e das demais liberdades fundamentais.
O secretário de Estado encarregado das comunicações do governo, Zoltán Kovács, respondeu destacando que a nova lei reconhece “o direito inalienável dos indivíduos a escolher e praticar uma religião”.
Além disso, acrescentou, o Estado identificou 14 denominações para receber dele ajudas econômicas especiais por sua função desenvolvida no âmbito humanitário.

Fonte: http://www.zenit.org/article-28838?l=portuguese

Silvio Santos volta a debochar de pastores e do dízimo em seu programa

Principal responsável pela não comercialização de horários na grade do SBT a congregações religiosas, Silvio Santos brincou com a insistência dos líderes religiosos em tentar um espaço no seu canal.

”Eu sou o pastor de Matusalém. Aos 115 anos terei minha igreja. Não esqueçam o dízimo”, disse o apresentador na edição do último domingo (11) do seu programa.

Recentemente, o SBT foi alvo de diversas incursões do pastor evangélico Valdemiro Santiago, chefe da Igreja Mundial do Poder de Deus e nome do momento no nicho de pregadores televisivos.

Após diversas tentativas, o religioso não foi atendido pessoalmente pelo ”Patrão”, o que o levou a procurar outra emissora, a RedeTV!, para estender sua abrangência midiática.

Vale lembrar que diversas afiliadas regionais do SBT em diferentes partes do Brasil comercializam os seus horários a igrejas.

Fonte: Bonde/gospelmais

sábado, 13 de agosto de 2011

20 dicas para você vencer o medo de montar um negócio de sucesso

Você que quer montar um negócio mas tem medo, dê uma olhada nesta página e perca o medo. O povo de Deus não pode ter medo, Deus abre as portas e basta estarmos preparados. Ore e pense que Deus quer o melhor para o seu povo.

http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI82779-17189,00-DICAS+PARA+VOCE+VENCER+O+MEDO+DE+MONTAR+UM+NEGOCIO+DE+SUCESSO.html

Deixa Deus agir na sua vida.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Lanna Holder debocha das igrejas Assembleias de Deus e Deus é Amor em pregação em sua igreja gay. Assista

Foi divulgado no Youtube uma pregação de Lanna Holder – famosa missionária que assumiu ser homossexual e fundou uma igreja para GLBTS em São Paulo – em sua igreja chamada “Comunidade Cidade Refúgio”, na qual a pastora faz sátiras as igrejas Assembleias de Deus e Deus é Amor.

Lanna levou a platéia a loucura conseguindo muitas gargalhadas com sua pregação, ela aproveitou histórias da época em que congregava na Assembléia de Deus antes de assumir o homossexualismo, para questionar a respeito das doutrinas impostas por igrejas, satirizando os usos e costumes da denominação centenária, das vezes que foi repreendida por seu pastor ao levar jovens da congregação para passeios que não o agradaram, sem falar a brincadeira, classificada como desrespeitosa ainda mais no púlpito de uma igreja, por ela a respeito da higiene dos fiéis da igreja Deus é amor, dizendo que os que lá são membros não usam sabonete ao tomar banho.

No meio da ministração a pastora afirma não estar falando mau da Assembléia de Deus mas sim do “sistema opressor” imposto por doutrinas “eu me lembro que a maioria das igrejas que eu entrava tinha aquele versículo de fora a fora, em cuidado de ti e da doutrina (…) isso não é nada mais do que usos e costumes (…) a maioria das pessoas vive debaixo dessa opressão, desse julgo.” afirma Lana Holder.

O responsável pela postagem do vídeo diz que o que Lanna cospe no prato que comeu (por já ter pertencido a Assembléia) e completa lembrando de um versículo bíblico: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” [2 TM 4:3-4].

Vídeo: Pregação de Lanna Holder satirizando a Assembléia de Deus e Deus é Amor



Diversos foram os comentários em torno do vídeo. O usuário “fillcrente” foi o único que expressou sua opinião de certa forma a favor da palavra ministrada por Lanna. “Sabe que sob certa ótica eu gostei? A “pregação” de Lanna Holder nos mostra o quão distantes muitas Igrejas Evangélicas estão distantes da autoridade Bíblica e estão a mercê da interpretação e da Palavra Profética do dito líder para entender a palavra. Já estes, detratores da Palavra de Deus, usam-se de termos vagos quando não explicados, ou muito amplos [unção, adoração...] e usam muitos versículos fora do contexto da Bíblia como um todo para incutir suas ideias perniciosas [vide Cerullo]” afirma o usuário do youtube.

Já os outros, postados até hoje se colocaram contra a forma escolhida pela pastora de expor sua opinião. “Isso que estar acontecendo não me escandaliza nem me surpreende, pois quando vejo tudo isso a luz da Biblia vejo mas um cumprimento das sagradas escrituras, (1 Timoteo 4.1-2). Jesus estar voltando povo de Deus guarda o que tens para que ninguém roube tua coroa.” Comenta o usuário jesussalva33.

“Vá se converter… quero ver você fazer graça quando Jesus vier e você ficar!!! Jesus te ama Lanna.. mas as suas atitudes são despresíveis… Você esqueceu que a biblia diz que os sodomitas não entrarão no reino dos céus, (1Cor.6:9). Ainda há uma esperança para você… Ainda há tempo!”, disse sergio23021976.

Fonte: Gospel+

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

As duas caixas – Ilustração

Deus deu-me duas caixas e disse:
- Coloque todas as suas tristezas na caixa cinza e todas as suas alegrias na caixa azul.
Tempos depois eu percebi que a caixa azul estava muito mais pesada que a caixa cinza e fiquei um pouco confuso, pois, se tive muitas alegrias na vida, também não me faltaram tristezas. Como, então, a caixa de alegrias podia pesar tão mais que a caixa de tristezas?
Curioso, abri a caixa cinza e ela estava vazia, pois tinha um buraco no fundo. Então, eu perguntei:
- Senhor, deste-me uma caixa furada e minhas tristezas desapareceram. Onde elas foram parar?
- Elas vieram se apresentar diante do meu altar e as devolvi para você.
- Para mim? Mas elas não estão comigo.
- É que eu as devolvi transformadas.
- Transformadas? Como assim, meu Senhor?
- Transformadas em alegria. Olhe a sua caixa azul e você vai entender.
Abri a caixa azul e lá estavam todas as minhas alegrias (como foi bom contá-las todas de uma vez). Mas, lá estavam também as minhas tristezas, com uma carinha diferente, transformadas em alegrias.
Fonte: Site do Pastor

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mulher crente recebe presente de um bruxo

“Esta história é contada como verídica. Diz de uma senhora muito pobre que telefonou para um programa evangélico de rádio pedindo ajuda.

Um bruxo, que ouvia o programa, resolveu pregar-lhe uma peça (só para se divertir com sua reação). Telefonou para a rádio e obteve seu endereço.

Chamou seus “secretários” e ordenou-lhes que passassem num supermercado e fizessem um compra generosa e levassem à casa daquela mulher, com a seguinte orientação: Quando ela perguntasse quem a estava presenteando, eles deveriam responder que o diabo estava lhe enviando tudo aquilo!

Assim que aquelas pessoas chegaram à casa da mulher, ela os recebeu com alegria e foi logo guardando os alimentos na sua prateleira, mas… não perguntou quem lhe havia enviando.

Os “secretários” do bruxo, sem saber o que deveriam fazer, provocaram a pergunta: – A senhora não quer saber quem lhe enviou estas coisas? A mulher, na maior simplicidade da sua fé, respondeu: – Não, meu filho. Não é preciso. Quando Deus manda, até o diabo obedece!”

Extraído do Blog do Renato Vargens (http://renatovargens.blogspot.com)

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Grupos gays preparam grande ataque na internet com tema bíblico contra evangélicos: #amaivosunsaosoutros

Amaivosunsaosoutros; esta será a hastag usada no próximo dia 3, com o intuito de lotar as páginas do twitter em uma campanha contra a chamada “intolerância” dos políticos religiosos, que segundo as organizações homossexuais misturam e sua religiosidade na hora de legislar, pecando contra o próprio mandamentos Bíblica de amar um ao outro.

O tema Bíblico será usado como forma de confronto aos evangélicos, porém, os idealizadores alegam e buscam deixar claro em seus perfis nas redes sociais, não terem a intenção de de atacar diretamente a ninguém, nem a provocar ou responder à provocações. “Não iremos agredir Malafaia nem seus pares. Não iremos debater com as pessoas, não aceitaremos provocações. Vamos somente postar frases que falem de amor, de igualdade, respostas às mentiras e calúnias que estas pessoas vociferam contra nós”, afirmam eles.

Apesar da promessa de não agredir a Silas Malafaia e aos que caminham e compartilham das mesmas opiniões que ele, o manifesto no twitter, usando a passagem bíblica sobre o amor, será uma forma de protesto quanto as declarações feitas desde que começou este embrolho a cerca da punição a homofobia , pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), do senador Magno Malta (PR-ES), da deputada estadual Myrian Rios (PDT-RJ) e o pastor da Assembléia de Deus Vitória em Cristo.

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/gays-ataque-internet-evangelicos-amaivosunsaosoutros-22903.html

sexta-feira, 29 de julho de 2011

O site da Folha está fazendo uma pesquisa com o seguinte título:

" Nova York celebrou as primeiras uniões gays após a legalização. Você apoia a medida?"

Penso que devemos atuar em massa para mostrar que a maioria, embora concorde com um contrato que regule a relação financeira/patrimonial entre os pares gays, não apóia esta aberração de querer chamar tal contrato de união matrimonial, coisa típica do pacto feito entre um homem e uma mulher que se amam e estão abertos à vida, gerando seus filhos.

Basta votar "NÃO".

Vamos votar e divulgar porque a votação está super empatada.

A enquete está no seguinte link: http://www1.folha.uol.com.br/mundo/

Abraço!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Pesquisa do Ibope mostra que 55% dos brasileiros são contra união estável entre homossexuais

RIO - O Ibope divulgou nesta quinta-feira uma pesquisa em que revela que 55% dos brasileiros se declararam contra a união estável entre pessoas do mesmo sexo. Com isso, a maioria se demonstrou contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, em maio deste ano, reconheceu por unanimidade a união civil entre homossexuais.
Entre os homens, 63% disseram ser contra a decisão do STF. Já entre as mulheres, esse percentual é de 48%. Entre os jovens de 16 a 24 anos, 60% são favoráveis à união estável entre homossexuais e, entre os maiores de 50 anos, 73% se disseram contrários.
A pesquisa também fez perguntas sobre a opinião dos entrevistados com relação à adoção de crianças por casais homossexuais: 55% se declaram contrários. Entre os homens, 62% disseram não concordar que casais do mesmo sexo adotem uma criança.
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas entre os dias 14 e 18 de julho.

Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/pesquisa-ibope-mostra-55-dos-brasileiros-s%C3%A3o-uni%C3%A3o-114900604.html

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Pouca vergonha estadual

Enquanto que para obras de olimpíadas, copa e carnaval tem dinheiro até em caráter emergencial, falta dinheiro para os serviços essenciais, e tudo pago com nosso dinheiro.

Ai é fácil minha gente, com tantos contratos suspeitos de superfaturamento onde tanta gente enriquece, olha o que anda acontecendo, com o povo que escolheram todos vocês.

Quase a metade da frota do Samu está parada no Rio
Na capital, 40% das ambulâncias aguardam conserto, o que dificulta o socorro a casos como o da grávida de Campo Grande
POR CLARISSA MELLO

Rio - Enquanto a dona de casa Daniele Conceição Bispo, 23, deu à luz na estação de trem de Campo Grande e depois teve de ir ao hospital de ônibus, pelo menos 79 ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros estão sem funcionar no Rio. Só no quartel de Guadalupe há 51 paradas.


Enquanto a dona de casa Daniela Bispo sofria sem socorro médico para ter seu bebê, 51 ambulâncias do Samu estavam paradas, por falta de manutenção, no pátio do quartel do Corpo de Bombeiros em Guadalupe | Foto: Fábio Gonçalves / Agência O Dia


A Secretaria de Defesa Civil do Estado admite que 29 das viaturas que atendem exclusivamente a capital estão quebradas — uma delas estaria em Guadalupe. O número representa 40% do efetivo de ambulâncias que atendem todo o Município do Rio — 74 veículos. As outras 50 ambulâncias do Samu inoperantes, afirma a secretaria, seriam de “outros municípios”.




Quartel de Guadalupe virou estacionamento de ambulâncias quebradas | Foto: Fabio Gonçalves / Agência O Dia

Bombeiro que atua no quartel de Guadalupe e não quis ter seu nome revelado contou à Band News, e depois ao DIA, que as ambulâncias quebradas em Guadalupe estão estacionadas no pátio da unidade há cerca de dois meses.

A secretaria admitiu que, de fato, não há prazo para que os veículos sejam consertados — já que “cada caso requer um tempo”. Mesmo assim, alegou que “novo contrato para manutenção das viaturas já foi assinado pelos bombeiros”.

À mercê da sorte

Na prática, isso significa que outras mulheres poderão reviver o drama de Daniele e o marido, Rafael Nascimento Araújo, 20. “Foram duas horas de desespero. Funcionários da SuperVia começaram a chamar o Samu às 12h40”, contou Rafael. “Ninguém veio. O parto do meu filho, Rafael Guilherme, só foi feito porque uma técnica de enfermagem ajudou. Depois, foi um sufoco para ir ao hospital. Um motorista de ônibus nos levou”, completou.

Secretaria vai investigar

A Secretaria de Defesa Civil do Estado informou que, na hora que a família solicitou o atendimento, das quatro ambulâncias do quartel de Campo Grande, três estavam em atendimento externo e uma quebrada. O órgão afirmou que abriu sindicância interna para apurar a demora no envio de um veículo de outra unidade, e que o resultado deve sair em 10 dias.

Enquanto isso, Daniele e seu bebê, que nasceu com 4,5 kg, se recuperam no Hospital Estadual Rocha Faria. Rafael Guilherme está estável, internado na CTI Neonatal, e já respira sem ajuda de aparelhos. Mas, devido a problemas respiratórios, ainda não pode ser diretamente amamentado pela mãe. Daniele está na enfermaria e passa bem.

'Só pensava em salvar o bebê e a mãe', Maria Aparecida Silva, técnica de enfermagem

A mulher que mudou a história da família do bebê Rafael Guilherme voltava para casa, em Duque de Caxias, após passar a manhã em busca de emprego. Maria, que terminou o curso técnico de Enfermagem no fim do ano, diz que Deus a “empurrou” para estação de trem de Campo Grande.

1. Como você resolveu ajudar? Alguém te chamou?
— Meu filho viu os funcionários da SuperVia nervosos e perguntou o que estava acontecendo. Quando disseram que uma mulher estava em trabalho de parto, eu não tinha outra opção a não ser ajudar. Fiquei preocupada porque não tinha luvas, nenhum material. Passei álcool gel nas mãos e, quando vi, a cabeça do bebê já estava saindo”.

2. No que você pensou?
— Eu só pensava em salvar aquele bebê e a mãe. Eram duas vidas nas minhas mãos. Fiz o que meu coração mandou. Acho que foi Deus que me empurrou para a estação, porque geralmente eu volto para casa de ônibus.

3 . Você já tinha feito ou visto um parto?
— Nenhum. Fiquei muito nervosa. Eu tremia por dentro, mas as pessoas não percebiam. Ontem, não consegui dormir lembrando. Fiquei emocionada.

4 . O que você fez após o parto?
— Meu filho, que é diabético, começou a passar mal. Peguei o primeiro trem. Não deu tempo para nada.

5. O Samu demorou?
— Quando cheguei, o pai do bebê disse que tinha ligado algumas vezes. A saúde está muito precária. (Pâmela Oliveira)

As eleições estão vindo ai senhores, se prepare senhor prefeito e vereadores, parem de olhar para os seus próprios bolsos e olhem um pouco para a população.

Olha a situação dos bombeiros, professores, pm, serventuários, etc...

Tomem cuidado com a próxima eleição.

Fonte (parte). http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/7/quase_a_metade_da_frota_do_samu_esta_parada_no_rio_178886.html

domingo, 10 de julho de 2011

Bomba-relógio carioca

Light deixou bueiros sem manutenção por pelo menos 10 anos e agora vai fechar 700 na cidade do Rio. Toda a tubulação da CEG no Centro está obsoleta

Rio - No Rio de bueiros-vulcão, a explicação para tantas explosões pode estar num procedimento básico de segurança que ficou no escanteio por quase dez anos: a manutenção dos equipamentos. No Centro, transformadores da década de 50, sucateados, cabos com emendas com prazo de validade vencidos, ratos, baratas e infiltrações compõem o inventário das caixas subterrâneas da Light.

É também nesta mesma região da cidade, onde aconteceu a maioria das explosões, que a CEG concentra ainda parte da tubulação antiga — de ferro batido, segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Energia, Júlio Bueno. Isso aumenta ainda mais o risco de novos incidentes: “Noventa e cinco por cento de toda a rede subterrânea da CEG já foram renovadas. Faltam 5%, que estão no Centro”.




Mas não é só no Centro que a situação é precária. Num relatório de 2009, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), são apontados problemas nos bueiros da Light no Leblon, Lagoa, Ipanema e Copacabana. Na ocasião foram inspecionadas nove câmaras de transformação, onde foi constatado: corrosão na caixas, vazamento de óleo e transformadores operando a temperaturas elevadas, em final de vida útil e em mau estado de conservação.

Questionada sobre o assunto, a Light disse que não sabia informar se os equipamentos já haviam sido trocados. No momento, reafirmou que a meta de substituição de transformador para este ano era de 500. Até junho, só 218 haviam sido substituídos.

Um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio (Sintergia-RJ), Tercio Amaral, afirmou que a Light antes de privatizar tinha 14,5 mil funcionários. Número que já chegou a 3,4 mil e que, hoje, fica, em média, em 4,1 mil.

“Houve um tempo em que a empresa ficou sem investimento. Existia uma turma de manutenção que ficavam em Triagem, que foi diluída. Precisamos de manutenções preventivas, pois os funcionários estão com medo de trabalhar e morrer numa explosão”.

Especialista acusa ‘política do tatu’

Para o especialista em gerenciamento de riscos e planejamento de emergências da Coordenação de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe/UFRJ) Moacyr Duarte, uma causa do problema é a ocupação desordenada do subsolo, o que chama de “política do tatu”.

“Cada um faz o seu buraco e ninguém sabe direito o que há lá embaixo, nem mesmo as próprias concessionárias”, afirma. Outra falha é a falta de padronização nas atuações das empresas. A proximidade até 50 m entre câmaras da Light e tubulações da CEG, passíveis de vazamento, seria suficiente para levar gás à rede elétrica.

Furos em cinco mil galerias

A Light já está eliminando as 700 caixas de junção do Rio. Há 10 dias, o presidente da Light, Jerson Kelman, disse que elas “servem apenas para assustar a população”. Foi uma delas que se incendiou e destruiu orelhões no Flamengo, dia 28.

Cinco mil caixas de inspeção vizinhas a bueiros da CEG serão furadas até dezembro para dissipar gás. Mas, segundo o coordenador do Crea Luiz Consenza, os buracos nas tampas são insuficientes: “São pequenos e entopem com a sujeira. Tem que haver manutenção diária”.

Reportagem de Christina Nascimento, Daniela Dariano e Felipe Freire

Fonte: http://odia.terra.com.br/portal/o_dia_24_horas/html/2011/7/bomba_relogio_carioca_176722.html

A impressionante lista de escândalos do governo Dilma

Seis meses de gestão foram suficientes para quatro trocas ministeriais; nomes do primeiro time da presidente se envolveram em situações comprometedoras.

Em seis meses de governo, a gestão da presidente Dilma Rousseff se notabilizou pela profusão de escândalos - mais do que por medidas concretas de governo. Dois ministros foram demitidos. Outros dois trocaram de lugar. Dois se safaram por pouco. Outros dois ainda devem explicações.


Antonio Palocci, chefe da Casa Civil, comandava uma consultoria bem-sucedida antes de ingressar no governo. O crescimento patrimonial espantoso levantou suspeitas de que o braço-direito da presidente autou como lobista. Quando resolveu se explicar, Palocci já era um cadáver político.

Sem o principal articulador político do governo, a presidente se viu novamente em apuros. Luiz Sérgio, ministro de Relações Institucionais, tinha poderes limitados. Dilma Roussef evitou mais uma demissão: preferiu rebaixar o petista a ministro da Pesca. Luiz Sérgio trocou de cargo com Ideli Salvatti.

A paz aparente durou pouco tempo. Aloizio Mercadante, responsável pela pasta de Ciência e Tecnologia, também ficou exposto por uma revelação feita por VEJA. Foi ele quem ordenou a compra do falso dossiê contra o então candidato tucano ao governo de São Paulo, José Serra, em 2006. O episódio também respingou em Ideli Salvatti: então senadora, ela ajudou a espalhar o material para a imprensa.

Mercadante e Ideli continuam sob fogo da oposição. O primeiro deve ir à Câmara dos Deputados se explicar. A segunda é alvo de requerimentos de convocação, mas os governistas atuam para blindar a petista.


O último escândalo teve um desfecho nesta quarta-feira. Alfredo Nascimento, ministro dos Transportes, deixou o cargo depois que VEJA revelou o funcionamento de um grande esquema de corrupção na pasta. Dilma ainda protelou a demissão por quatro dias.

Motel - Houve também episódios que não chegaram a derrubar ministros. Ana de Hollanda, da Cultura, foi flagrada usando verba pública para passar o fim de semana no Rio de Janeiro, onde tem casa. Devolveu o dinheiro e ficou no cargo.

Pedro Novais havia aproveitado verba da Câmara dos Deputados para custear uma farra coletiva em um motel de São Luís. Devolveu o dinheiro e ficou no cargo.

Fernando Haddad, campeão de trapalhadas também no governo Lula, manteve a média na nova gestão. Defendeu a distribuição de um livro que ensina crianças a falar errado e se contradisse ao tentar justificar a distribuição do chamado "kit-gay".

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/a-impressionante-lista-de-escandalos-do-governo-dilma

O arraiá do dinheiro público

Quando você pensa em festas juninas ou julinas o que vem à sua mente?

Fogueira.

Quentão.

Casamento na roça.

Quadrilha.

Forró e...

Dinheiro público.

Foram R$ 22 milhões prometidos (empenhados) pelo Ministério do Turismo para a organização de festas juninas e julinas no país. Esse montão de dinheiro foi arrecadado por meio do pagamento dos seus e dos meus impostos e tem como destino mais de 130 cidades espalhadas por 16 Estados.

Você é contra ou a favor que o dinheiro arrecadado com o pagamento dos seus impostos seja empregado em festas dessa natureza?

Você acha que, no Brasil, teriam coisas mais importantes para empenhar o dinheiro público?

E como ficam a educação, saúde (hospitais), segurança, dentre outras prioridades?

Fonte: http://noticias.r7.com/blogs/marcos-pereira/2011/07/08/o-arraia-do-dinheiro-publico/

segunda-feira, 4 de julho de 2011

sábado, 2 de julho de 2011

Saiba como foram as comemorações do Centenário da Assembléia de Deus do Brasil



Durante a noite desta sexta-feira, 17, o Estádio Olímpico do Mangueirão, em Belém do Pará, foi palco mais uma vez de um grandioso culto de comemoração do Centenário das Assembleias de Deus no Brasil.

Cerca de 60 mil pessoas estiveram presentes para festejar essa importante data da história do evangelho no país. Caravanas vindas de todas as regiões brasileiras participaram deste culto que teve como convidado o pastor Silas Malafaia da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Malafaia fez uma pregação criticando a atitude de alguns crentes que colocam os usos e costumes no mesmo patamar das doutrinas bíblicas.

O bispo Manoel Ferreira, da Assembleia de Deus Ministério Madureira (Rio de Janeiro) também esteve presente, apresentando o filho e o neto de Gunnar Vingren.

Antes do encerramento do culto o Pastor Abner Ferreira, filho do Manoel Ferreira, pegou o microfone para mandar um recado aos participantes da festa. “A única igreja mãe das Assembleias de Deus no Brasil é Belém do Pará, o resto é tudo filha da mãe”.

Os cantores Bruna Karla, Jairinho, Elaine de Jesus, Mara Lima, Nando Menezes e Marco Feliciano continuaram a festa depois do culto, cantando e louvando ao Senhor.

Último dia

Na noite deste sábado, 18 de junho, o Estádio Olímpico do Mangueirão, em Belém do Pará, recebeu cerca de 150 mil pessoas que participaram do terceiro dia de comemorações do Centenário das Assembleias de Deus.

Mais uma vez muitas autoridades políticas e religiosas estiveram presentes como o governador do Pará Simão Janete, o senador Flexa Ribeiro e até o Dom Alberto Taveira, arcebispo de Belém.

A palavra principal da noite foi ministrada pelo pastor americano Reinhard Bonnke. “Jesus não foi levado a cruz para melhorar nossa qualidade de vida,(…) Jesus foi a cruz para buscar e achar os que estavam perdidos,” disse Pr.Bonnke que também lembrou os participantes que Cristo quer marcar o nossos corações com a imagem de Deus.

Após o culto aconteceu a apresentação de cantores evangélicos, o pastor Marco Feliciano, Elaine de Jesus, Mara Lima, Roberto Marinho, Jairinho e outros se apresentaram mais uma vez para o público presente.

Às 23h deu-se inicio ao “vigilhão” evento que aconteceu no Centenário Centro de Convenções que fica próximo ao Mangueirão. Milhares de pessoas estiveram presentes.

Grande batismo coletivo

Neste domingo, 19 de junho, cerca de cinco mil pessoas se batizaram na Praia de Outeiro, em Belém do Pará em um grande batismo organizado como parte das comemorações do Centenário das Assembleias de Deus no Brasil.

O Batismo em Águas aconteceu às 10h e foi celebrado por uma comissão formada pelos pastores Eurípedes Moraes, Joel Jardim e André Luis. O Pr. Samuel Câmara, presidente da Assembleia de Deus no Pará, também batizou alguns fieis e participou da evangelização na praia.

Para o trabalho de evangelismo na praia a AD de Belém alugou um trio elétrico que percorreu a orla da praia antes do começo do batismo.

Várias pessoas acompanharam o Grande Batismo e Marinha do Brasil prestou apoio durante o evento na praia. Todas as pessoas que foram batizadas nesta manhã receberam o certificado de batismo.

Fonte: Gospelprime

sábado, 25 de junho de 2011

Um Casamento que Glorifica a Deus

Este texto é um pouco grande, mas vale a pena ser lido.


Existem certas coisas neste mundo que não podem ser vistas, mas que podem ser ilustradas ou demonstradas de alguma forma:
* Eletricidade: você não pode vê-la, mas experimente colocar o dedo na tomada e perceberá que ela realmente existe;
* Oxigênio: tente prender a respiração por apenas cinco minutos e verá não só que o oxigênio existe, mas que você precisa dele para viver;
* Gravidade: jogue uma agulha de cima de um prédio e ela cairá (não tente pular do prédio, pois as conseqüências podem ser ruins).

A Palavra de Deus nos mostra que existem certos aspectos da vida cristã que também não podem ser vistos, mas que podem ser demonstrados. E a relação entre Cristo e a Igreja é uma delas!
“Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, 23-pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador. 24-Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos. 25-Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela 26-para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, 27-e para apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. 28-Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo. 29-Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, 30-pois somos membros do seu corpo. 31-or essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne. 32-Este é um mistério profundo; refiro-me, porém, a Cristo e à igreja. 33-Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito. “ Efésios 5.22-33
Deus deseja ilustrar no casamento uma relação única que existe entre Cristo e a Igreja. Nenhum outro tipo de relacionamento representa tão intimamente esta união. Nem mesmo o amor entre mãe e filho é tão íntimo quanto o casamento, pois apenas marido e mulher formam “uma só carne”. Portanto, se os casados querem cumprir seu propósito neste mundo de glorificar a Deus com suas vidas, precisam ter um casamento que reflita a união entre Cristo e a Igreja. Tanto o marido como a esposa têm a sua participação nisso, embora de formas diferentes.

1. As esposas glorificam a Deus refletindo a submissão da Igreja à Cristo (vv. 22-24).
“Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor,” Efésios 5.22
Quando o texto bíblico acrescenta a expressão “como ao Senhor”, está colocando um padrão altíssimo para a mulher. Ela deve ser submissa ao marido da mesma forma em que deve estar debaixo da autoridade do próprio Cristo.
Este tipo de submissão não é devida apenas ao marido. Todas as pessoas devem ser submissas a todas as autoridades, pois a Bíblia afirma que toda autoridade procede de Deus. É Ele quem concede autoridade ao presidente, aos governadores, aos juízes, ao seu patrão, etc. Por isso, aqueles que têm problemas em se submeter a elas, demonstram ter problemas em se submeter à autoridade do próprio Deus.
Por outro lado, a mulher que se submete ao marido demonstra ter um coração submisso ao próprio Cristo, e, neste sentido, sua vida manifesta o tipo de submissão que a Igreja deve ao Senhor. Deus é glorificado por isso, pois Sua autoridade é exaltada por mulheres que voluntariamente se sujeitam ao marido por reconhecerem, por detrás dele, a autoridade que vem do próprio Deus.
Em seguida, Paulo mostra porque a submissão da mulher ao marido é algo tão importante: porque representa a submissão que a própria Igreja deve a Cristo.

“23-pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador. 24-Assim como a igreja está sujeita a Cristo, também as mulheres estejam em tudo sujeitas a seus maridos.” Efésios 5.23-24
Ser submissa não significa ser inferior ao homem, ou que a mulher tem menos valor dentro da família, mas sim que, dentro do lar, o marido foi colocado por Deus como sendo a autoridade final. E podemos perceber que submissão não é sinônimo de ser inferior dentro da Trindade. Temos três pessoas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo. Os três são igualmente Deus, mas, no entanto, existe uma hierarquia de autoridade entre Eles, na qual o Pai está acima. O fato de Jesus estar abaixo nesta hierarquia não significa que Ele é menos Deus, ou menos importante.
Todos os seres humanos são iguais perante a lei. Não existe alguém que tenha mais valor do que outro. No entanto, existe diferença de autoridade entre as pessoas. Um juiz, como pessoa, possui o mesmo valor do que eu, mas por causa de sua função, ele tem autoridade sobre mim, e eu devo me submeter a ele.
Diante disso, podemos chegar às seguintes conclusões práticas:

Depois que o marido tomar uma decisão final (após uma conversa com a esposa), a esposa deve acatar a decisão sem crítica negativa ou rebeldia.
a mulher não deve tentar mandar no marido de forma indireta, através de chantagem emocional (lágrimas) e usando o sexo como arma.
é sábio que o marido tome as decisões junto com a esposa. Porém, em caso de divergência, a decisão final é do marido;
mulheres, consultem seus maridos antes de tomar uma decisão;
evite criticar de maneira errada as decisões do marido;
fale para seu marido aquilo que você espera dele como líder, não espere que ele adivinhe sua vontade;
não se rebele diante das decisões de seu marido, a menos que tenha um motivo bíblico.
2. Os maridos glorificam a Deus refletindo o amor de Cristo pela Igreja (vv. 25-33).
“Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela” Efésios 5.25
O texto bíblico nos mostra que o padrão de Deus para os maridos também é altíssimo. Eles devem amar suas esposas da mesma forma que Jesus amou a Igreja. E o amor de Cristo se manifestou por nós especialmente através de Seu sacrifício na cruz em nosso favor.
A Bíblia nos mostra que o sacrifício de Jesus pela igreja teve um objetivo. Ele foi feito com o propósito de santificá-la, para aperfeiçoá-la.

“26-para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, 27-e para apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável.” Efésios 5.26-27
No verso 28, Paulo diz: “Assim também os maridos devem amar a sua mulher”. Isso significa que, de certa forma, Deus espera que o amor dos maridos se manifeste em sacrifício que produza crescimento e santificação na vida das esposas. Os maridos são, portanto, pastores de suas esposas.
O sacrifício que Deus espera dos maridos em relação às suas esposas não é de qualquer natureza. Existem maridos que se sacrificam no trabalho para dar boas condições financeiras para a esposa. Existem aqueles que se empenham em satisfazer a esposa emocionalmente, socialmente ou sexualmente. Porém, a Bíblia ordena que os maridos cuidem de suas esposas espiritualmente. O sacrifício, de acordo com o texto, é para produzir santificação.
Maridos, não vale a pena conquistar o mundo (negócios) e perder a sua esposa e família. Dedique tempo à sua esposa. Não precisa ser horas do seu dia, mas planeje-se para sempre ter tempo para ela.

proporcione tempo para que sua esposa busque a Deus;
lidere espiritualmente o seu lar (orações, conversas, culto doméstico, etc);
Veja algumas sugestões práticas:
Tempo de sofá: Pode ser apenas quinze a vinte minutos do seu dia para se sentar com sua esposa e perguntar como foi o dia dela e ouvi-la.
Tempo devocional: o marido também é o líder espiritual da família. Separe um tempo para orar e ler a Bíblia com sua esposa para que vocês possam crescer juntos.
Assim como Cristo ama a Igreja, que é o Seu corpo, nós devemos amar nossa esposa, pois ela é o nosso corpo. A Bíblia diz que quando nos casamos ocorre a união mais profunda entre dois seres humanos: os dois se tornam uma só carne. Também ensina que já não temos mais poder sobre o nosso corpo, pois ele pertence ao nosso cônjuge (1 Coríntios 7.4). Por isso, ao amar sua esposa, na verdade, estará amando a si mesmo:

“Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama sua mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém jamais odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. “Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne.” “Este é um mistério profundo; refiro-me, porém, a Cristo e à igreja.” Efésios 5.28-32
Ao fazer isso, estamos manifestando o amor que Cristo tem pela Igreja. A relação entre as duas coisas é tão íntima que Paulo começa o verso 31 falando do casamento e no 32 afirma estar se referindo, na verdade, a Cristo e à igreja. E a conclusão, em seguida é:

“Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito.” Efésios 5.33
O seu casamento está sendo uma ilustração fiel do relacionamento entre Cristo e a igreja? Para que seja assim, é preciso investir no relacionamento. É preciso conversar, buscar a Deus (separados e juntos), orar, e praticar os princípios bíblicos.
Que a glória do Deus invisível se torne visível às pessoas por meio do seu casamento.

Autor: Ivis Fernandes

Fonte: http://padom.com.br/um-casamento-que-glorifica-a-deus/

sábado, 18 de junho de 2011

Missionária Lana Houder e companheira pastora lésbica afirmam que pregarão a Palavra de Deus na Parada Gay

Três semanas depois de inaugurar uma igreja inclusiva e voltada para acolher homossexuais no Centro de São Paulo, o casal de pastoras Lanna Holder e Rosania Rocha pretende participar da Parada Gay de São Paulo, em 26 de junho, para “evangelizar” os participantes. Estudantes de assuntos ligados à teologia e a questões sexuais, as mulheres encaram a Parada Gay como um movimento que deixou de lado o propósito de sua origem: o de lutar pelos direitos dos homossexuais.

“A história da Parada Gay é muito bonita, mas perdeu seu motivo original”, diz Lanna Holder. Para a pastora, há no movimento promiscuidade e uso excessivo de drogas. “A maior concepção dos homossexuais que estão fora da igreja é que, se Deus não me aceita, já estou no inferno e vou acabar com minha vida. Então ele cheira, se prostitui, se droga porque já se sente perdido. A gente quer mostrar o contrário, que eles têm algo maravilhoso para fazer da vida deles. Ser gay não é ser promíscuo.”

As duas pastoras vão se juntar a fiéis da igreja e a integrantes de outras instituições religiosas para conversar com os participantes da parada e falar sobre a união da religião e da homossexualidade. Mas Lanna diz que a evangelização só deve ocorrer no início do evento. “Durante [a parada] e no final, por causa das bebidas e drogas, as pessoas não têm condição de serem evangelizadas, então temos o intuito de evangelizar no início para que essas pessoas sejam alcançadas”, diz.

Leandro Rodrigues, de 24 anos, um dos organizadores da Parada Gay, diz que o evento “jamais perdeu o viés político ao longo dos anos”. “O fato de reunir 3 milhões de pessoas já é um ato político por si só. A parada nunca deixou de ser um ato de reivindicação pelos direitos humanos. As conquistas dos últimos anos mostram isso.”

Segundo ele, existem, de fato, alguns excessos. “Mas não é maioria que exagera nas drogas, bebidas. Isso quem faz é uma minoria, assim como acontece em outros grandes eventos. A parada é aberta, e a gente não coíbe nenhuma manifestação individual. Por isso, essas pastoras também não sofrerão nenhum tipo de reação contrária. A única coisa é que o discurso tem que ser respeitoso.”

Negação e aceitação da sexualidade

As duas mulheres, juntas há quase 9 anos, chegaram a participar de sessões de descarrego e de regressão por causa das inclinações sexuais de ambas. “Tudo que a igreja evangélica poderia fazer para mudar a minha orientação sexual foi feito”, afirma Lanna. “E nós tentamos mudar de verdade, mergulhamos na ideia”, diz Rosania. As duas eram casadas na época em que se envolveram pela primeira vez.

“Sempre que se fala em homossexualidade na religião, fala-se de inferno. Ou seja, você tem duas opções: ou deixa de ser gay ou deixa de ser gay, porque senão você vai para o inferno. E ninguém quer ir para lá”, diz Lanna.

A pastora afirma que assumir a homossexualidade foi uma descoberta gradual. “Conforme fomos passando por essas curas das quais não víamos resultado, das quais esperávamos e ansiávamos por um resultado, percebemos que isso não é opção, é definitivamente uma orientação. Está intrínseco em nós, faz parte da nossa natureza.”

Igreja Cidade de Refúgio

Segundo as duas mulheres, após a aceitação, surgiu a ideia de fundar uma igreja inclusiva, que aceita as pessoas com histórias semelhantes as delas. “Nosso objetivo é o de acolher aqueles que durante tanto tempo sofreram preconceito, foram excluídos e colocados à margem da sociedade, sejam homossexuais, transexuais, simpatizantes”, diz Lanna.

Assim, a Comunidade Cidade de Refúgio foi inaugurada no dia 3 de junho na Avenida São João, no Centro de São Paulo. Segundo as pastoras, em menos de 2 semanas o número aumentou de 20 fiéis para quase 50. Mas o casal ressalta que o local não é exclusivo para homossexuais. “Nós recebemos fiéis heterossexuais também, inclusive famílias”, diz Rosania.

Apesar do aumento de fiéis, as duas não deixaram de destacar as retaliações que têm recebido de outras igrejas através de e-mails, telefonemas e programas de rádio e televisão. “A gente não se espanta, pois desde quando eu e a pastora Rosania tivemos o nosso envolvimento inicial, em vez de essa estrutura chamada igreja nos ajudar, foi onde fomos mais apontadas e julgadas. Mas não estamos preocupadas, não. Viemos preparadas para isso”, afirma Lanna.

Fonte: G1
gospelmais

Magno Malta ameaça renunciar ao Senado se PLC 122 for aprovada e afirma que processará Jean Wyllys

O pastor evangélico Magno Malta, parlamentar da frente da família, promete deixar o senado caso o PLC 122 seja aprovado, e interpelar judicialmente o deputado Jean Wyllys, durante entrevista a revista Comunhão.

O senador, que tem lutado contra a aprovação do projeto desde sua primeira proposta no ano de 2006, agora promete que se o projeto de lei for aprovado ele renuncia.

“Se o Projeto de Lei 122, que excita a criação de um terceiro sexo, for aprovado, com dignidade de cristão, renuncio do mandato de Senador da República”, afirmou ele em tom de descontentamento.

Para o senador Magno Malta, “criar castas, mudar costumes enraizados pela própria natureza e proteger a minoria com privilégios são fatos reais que ferem a justiça social em toda conjuntura”.

O projeto tem sido tema de grande impasse no governo, em que segundo os deputados evangélicos, fere a constituição, indo contra os direitos de liberdade de expressão e religiosa.

Malta também afirmou que vai interpelar o deputado do PSOL, Jean Wyllys, alegando que ele o acusa de ser de “má fé” ao relacionar o homossexualismo com a pedofilia.

“Nunca afirmei tal comparação. Pelo contrário, defendi o Vaticano mostrando a realidade dos fatos como comportamentos distintos e sem relação na grande maioria das vezes”, afirmou Magno Malta, que presidiu a CPI da Pedofilia.

O senador presidente da Frente Parlamentar Mista Permanente em Defesa da Família Brasileira disse que “preconceito é cegueira moral, não aceito nem a intolerância e conceito imparcial.”

“Não estou legislando em causa própria, mas no mais legitimo dever de defender a família estruturada, o futuro de uma geração e de forma geral a vida na sua essência divina”.

De acordo com a pesquisa encomendada recentemente pelo Ministério da Educação, a polêmica da homossexualidade incomoda 87% da população. A grande maioria não aceita mudanças radicais no comportamento da sociedade.

“Por isso, em defesa dos verdadeiros valores agregados no coração da família brasileira, renunciarei meu mandato se a PL 122 for aprovada”, finalizou Magno Malta.

Fonte: The Christian Post
gospelmais

domingo, 12 de junho de 2011

ANIVERSÁRIO DA IGREJA

O fogo tá descendo naquele lugar, grupo Carruagem de Ouro esteve presente, várias igrejas estão prestigiando.
Hoje (12/06) iremos fechar com chave de ouro esta maravilhosa festa para o Senhor Jesus

segunda-feira, 6 de junho de 2011

INSTITUTO BIBLICO-TEOLÓGICO PALAVRA DE VIDA

JÁ COMEÇOU.

SEMINÁRIO TEOLÓGICO PALAVRA DE VIDA

-VOCÊ QUE DESEJA CONHECER AS FERRAMENTAS PARA MELHOR INTERPRETAÇÃO BÍBLICA.

-TER MAIOR PROFUNDIDADE NO CONTEXTO ESCRITURÍSTICO

-AMPLIAR SEUS CONHECIMENTOS TEOLÓGICOS

VEJA ALGUMAS MATÉRIAS QUE SERÃO ENSINADAS.

*ANGELOLOGIA (ESTUDO SOBRE OS ANJOS)
*DEMONOLOGIA (ESTUDO SEBRE OS DEMONIOS)
*MISSIOLOGIA (ESTUDO SOBRE MISSÕES)
*CRISTOLOGIA (ESTUDO SOBRE CRISTO)
*HOMILÉTICA (A ARTE DE PREGAR SERMÕES)
*BIBLIOLOGIA (ESTUDO SOBRE A BÍBLIA)
*PNEUMATOLOGIA (ESTUDO SOBRE O ESPÍRITO SANTO)
*EXEGESE (A ARTE DE INTERPRETAR TEXTOS)
*ECLESIOLOGIA (ESTUDO SOBRE A IGREJA)

E MUITOS OUTROS - VOCÊ NÃO PODE PERDER.

- INFORMAÇÕES 3477-6520 / 7576-2778 - EVANGELISTA BRUNO FERNANDES

http://conferencistabruno.blogspot.com/

sábado, 4 de junho de 2011

Garotinho diz que carro em que estava foi atingido por dois tiros

Deputado federal estava no banco de trás e não se feriu.
Garotinho disse que entregou carro e documentos à polícia para perícia.

O deputado federal Anthony Garotinho disse neste sábado (4) que o carro onde estava nesta sexta-feira foi atingido por dois tiros, na região de Cabo Frio (RJ). Em entrevista ao G1, por telefone, Garotinho contou que estava deitado no banco de trás de um Corolla prata acompanhado por um motorista e segurança quando escutou quatro estampidos. Ele estava voltando de uma reunião do PR quando os tiros foram disparados e atingiram a lateral do carro.

“ O motorista falou: são fogos? Eu disse: não são não, são tiros. A bala atravessou a porta onde estava a minha cabeça e ficou alojada na porta”, disse o deputado à reportagem.
Garotinho disse que ninguém se feriu. Após o susto, os três pararam em Búzios para que ele pudesse tomar um calmante e depois seguiram para Campos, no norte fluminense.
O deputado evitou fazer avaliações sobre o caso. Segundo ele, o carro- que não era blindado- chaves e documentos foram entregues a uma delegacia em Campos para que fosse feita a perícia.
“ Relatei os fatos, não acusei ninguém. Não cabe a mim fazer qualquer suposição até porque eu tenho tantos inimigos que seria difícil identificar qual. Em momento algum me referi ao episodio assalto ou atentado político. Eu registrei ocorrência. Não cabe a mim fazer investigação, cabe a polícia”, afirmou ele ao G1.

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/06/garotinho-diz-que-carro-em-que-estava-foi-atingido-por-dois-tiros.html

Marcha para Jesus reúne milhares de pessoas na Cinelândia



Rio - Milhares de pessoas participaram, neste sábado, da Marcha para Jesus, evento organizado por pastores de igrejas evangélicas. A caminhada teve início às 13h, e reuniu cerca de dez trios elétricos.Os participantes seguiram em direção à Cinelândia, onde um palco foi montado para a apresentação de mais de 20 atrações gospel.

De acordo com o presidente do Conselho de Ministros do Estado do Rio de Janeiro, Pastor Marcos Gregório, o objetivo da marcha é proclamar as palavras de Deus e continuar a luta contra a PL 122. Os participantes exibiram diversas faixas, algumas delas criticando o projeto de lei que criminaliza a discriminação contra os homossexuais.

Presente no primeiro trio elétrico, o pastor Silas Malafaia gritava palavras de ordem aos fiéis: "A PL 122 é inconstitucional".

Durante o evento, o Jornal do Brasil montou um estande no qual dava orientações aos participantes sobre a prevenção contra a dengue. Milhares de panfletos foram distribuídos e técnicos ofereciam serviço para medir pressão gratuitamente.




















Fonte: http://www.jb.com.br/rio/noticias/2011/06/04/marcha-para-jesus-reune-milhares-de-pessoas-na-cinelandia/

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Deputado Jair Bolsonaro emite comunicado importante sobre a Marcha pela Família, ontem (01/jun), em Brasília – liderada pelo pr. Silas Malafaia

Bolsonaro foi o primeiro parlamentar a denunicar o kit gay, em dezembro de 2010.
COMUNICADO Nº 217
Brasília, 1º de junho de 2011

UMA VITÓRIA DOS BONS COSTUMES, DA FAMÍLIA E DOS CRISTÃOS
Iniciei, sozinho, a luta contra a distribuição do kit-gay, material composto por vídeos, cartazes e cartilhas e que sob o rótulo de material “didático” seria destinado para a garotada do 1º Grau. Foi uma luta desigual que fez com que me sentisse como um infante num campo minado recebendo fogos de todos os lados.


UMA VITÓRIA DOS BONS COSTUMES, DA FAMÍLIA E DOS CRISTÃOS
Vencemos e quero agradecer a todos que me apoiaram nesta causa que tinha como objetivo a defesa dos bons costumes, da família e dos cristãos.

Nesse período, superior a 6 meses, fui duramente atacado com ofensas, injúrias, infâmias e até mesmo calúnias. Ressalto, entretanto, que o pior de tudo foi ter sido chamado de mentiroso pelo Deputado Chico Alencar, do PSol/RJ. Em minha defesa, peço encarecida e tão somente que assistam o vídeo do link abaixo e o repassem para o maior número de pessoas a fim de que fique comprovado quem é o mentiroso.



Todos que apoiaram, inclusive financeiramente, a confecção do kit-gay, devem ter seus atos divulgados para serem julgados. As ideias e ações desse deputado do PSOL têm que ser de conhecimento público.

Hoje estive presente na manifestação, realizada à frente do Congresso, na qual evangélicos, católicos e adeptos de outras crenças e religiões, tendo à frente o Pastor Silas Malafaia, manifestaram suas convicções contra o PLC nº 122 que, a pretexto de combater homofobia, diferencia os homossexuais, em contradição com o previsto na Constituição, transformando-os numa categoria com inúmeros privilégios, induzindo a sociedade a entender que ser gay é motivo de orgulho e merecedor de proteção do Estado. Acesse o pronunciamento do Pastor Malafaia hoje na rampa do Congresso.

Cordialmente,

JAIR BOLSONARO
DEPUTADO FEDERAL / RJ

Assista o vídeo postado pelo deputado Bolsonaro, com a fala do pr. Silas Malafaia e o grito dos milhares de cidadãos que vibravam a cada frase:
“A igreja unida, jamais será vencida … “, bradavam os cristãos.

Fonte: http://padom.com.br/deputado-jair-bolsonaro-emite-comunicado-importante-sobre-a-marcha-pela-familia-ontem-01jun-em-brasilia-%E2%80%93-liderada-pelo-pr-silas-malafaia/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+padomgospel+%28Padom+Gospel%29

Imprensa brasileira mente sobre a quantidade de pessoas na Marcha da Família, mas é desmascarada

A agência EFE tem mais de sessenta anos de história e orgulha-se de apresentrar-se como defensores da “imparcialidade, eficiência, credibilidade e rapidez”.

A agência publicou que cerca de 50 MIL pessoas estiveram presentes ontem (1/jun) no evento em Brasília, na Marcha Pela Família, contra o kit gay e PL 122 e contra a ditadura gay que se quer implantar em solo brasileiro.

Ontem os principais órgãos de imprensa brasileiros minimizaram o número de participantes no evento, como sempre fazem em evento cristãos. Cita-se, dentre os vários, apenas dois exemplos:

-o jornal O Globo On Line noticiou que 20 mil estiveram pessoas.

-o Portal Terra reduziu para 10 mil pessoas.

A publicação da EFE vem mais uma vez desmarcarar a imprensa brasileira que tentar empurrar à sociedade, quase que diariamente, os ditames do movimento gay. Preferem a aliança com as mentiras do ativismo, à verdade dos fatos.

É de praxis que a imprensa brasileira sempre trabalhará a favor do ativismo gay. No link a seguir, do Portal G1 (da Globo), pode-se ver 11 fotos do evento realizado no dia 18 de maio, por ativistas gays, em Brasília.

Em contrapartida o mesmo Portal G1, além de informar que somente 20 MIL estiveram presentes, mostra apenas 1 foto.

Nem mesmo a Rede Record e o Portal R7 (ligados a IURD) referiram-se ao evento em Brasília. Uma vergonha. O Portal R7 noticiou o evento dos gays em Brasília, dia 18 de maio.

Fonte: http://padom.com.br/efe-marcha-da-familia-reune-50-mil-religiosos-em-brasilia-a-noticia-desmascara-imprensa-do-brasil/

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Dois pesos e duas medidas.

O nosso prefeito ao invés de pensar no bem estar da população de um modo geral, agora tem um site voltado para a defesa dos homossexuais (http://www.cedsrio.com.br/home.html). E onde ficam os pobres, os negros, o nordestino, a população de rua que não têm ninguém para os defender, nem mesmo o próprio estado e municipio. Por que não se preocupar com os hospitais que não tem o minimo de condição para atender a população que trabalha para poder ser pago o seu salário em dia (prefeito). Por que não equipar as escolas para que venham ter um ensino de qualidade no mesmo patamar das escolas particulares. Por que não melhorar o transporte público que na maioria dos casos está sucateado, onde vemos alguns ônibus em ótimo estado em alguns lugares e em outros parecem carroças. Onde em alguns lugares têm ônibus demais, outros têm pouco e em alguns casos nem tem. O senhor Eduardo Paes anda lado com o nosso governador que também está enganjado nesta causa. Lutem sim pelos direitos, mas não só de uma classe, mas de toda a população. Olhem para as "UPAS", confesso que no inicio gostei muito, achava até que realmente estava mudando. Triste decepção. O que vemos agora não chega nem perto do que era. Um dia desses fui buscar minha esposa na "UPA" de Irajá já lá pelas 20 horas, e vi uma senhora com a filha no colo esperando um exame desde as 14 horas, quando foi reclamar (creio que o estresse de estar ali e não ser atendida agravou a sua atitude), foi interpelada por um segurança que disse que se ela não parasse de causar tumulto iria prende-la. A falta de preparo deste segurança mostra o quanto nosso estado e municipio está, pois nem falar (se expressar) ele sabe, quanto mais apaziguar alguém exaltado. É por essas e outras mais que estou aqui desabafando, para poder continuar a tocar a vida olhando esses desmandos das nossas autoridades sem poder fazer nada.

Após pressão da Bancada Evangélica, Ministério da Educação irá reavaliar kit gay

Após polêmica sobre o chamado kit anti-homofobia, o ministro Fernando Haddad (Educação) não descartou que o material possa sofrer alterações. Haddad disse ainda que parte do material recebido pela bancada evangélica da Câmara e divulgado como parte do kit “não saiu do MEC”.

Se aprovado pelo ministério, o Kit (três vídeos sobre transexualidade, bissexualidade e meninas lésbicas) poderá ser repassado para estudantes do ensino médio das escolas públicas.

Segundo o ministro, o kit foi entregue ontem a pasta e será avaliado pela comissão de publicação do órgão, que vai ouvir secretários estaduais e municipais sobre o conteúdo. Também serão chamados para discutir o kit deputados da bancada evangélica, católica e da frente parlamentar de defesa da família.

O ministro foi chamado hoje às pressas para explicar o kit para as bancadas religiosas da Câmara que haviam anunciado ontem que “não votariam” nenhuma matéria caso o material não fosse recolhido. Parlamentares da bancada evangélica sustentam que o material já está sendo divulgado.

Haddad disse que o MEC não distribuiu o material, mas não quis apontar o vazamento. Deputados que participaram da reunião disseram que no encontro o ministro atribuiu a divulgação do Kit, que não estaria pronto, à empresa responsável pela produção.

O ministro disse à Folha que o material que não seria do MEC contém cenas de sexo explícito. Na reunião, deputados mostraram uma cartilha que tem o símbolo do MEC que fala, por exemplo, de masturbação e ainda uma cartilha com símbolo do Ministério da Saúde com ilustrações com cenas de sexo entre dois homens.

“Eu recebi ontem o material. [...] Vai para comissão que vai ouvir os secretários estaduais e municipais e os parlamentares que pediram para participar e participarão. O material que vi circulando aqui [Congresso] não é do ministério. Vários dos materiais que foram distribuídos aqui, que circularam aqui não são do Ministério da Educação”.

O ministro afirmou que a produção do kit foi contratada a uma ONG há três anos e só será oficial após a aprovação do ministério. “O problema do vídeo que está no youtube é que esse material está sendo produzido há mais de um ano. Teve muitas idas e vindas. O MEC recomenda alterações, modificações, e o material acaba sendo refeito a partir da perspectiva do ministério da educação. Ele só se torna oficial quando é aprovado pela comissão de publicação”.

O vice-presidente da bancada evangélica, deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), afirmou que o kit pode levar meninos e meninas a se tornarem homossexuais. “Dinheiro público deve ser empregado para combater a homofobia e não para estimular opção sexual”.

Fonte: Folha
gospelmais

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Porque o PL 122/2006 é inconstitucional.

Repassem para o maxímo de conhecidos.

Antes de fazer qualquer comentário, é importante frisar que uma coisa é criticar conduta, outra é discriminar pessoas. No Brasil, pode-se criticar o Presidente da República, o Judiciário, o Legislativo, os católicos, os evangélicos, mas, se criticamos a prática homossexual, logo somos rotulados de homofóbicos. Na verdade, o PL-122 é contra o artigo 5º da Constituição, porque o projeto de lei quer criminalizar a opinião, bem como a liberdade religiosa.


Vejamos alguns artigos deste PL:
-------------------------------------------------------------------------------

Artigo 1º: Serão punidos na forma desta lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gêneros.

Comentário: Eles tentam se escorar na questão de raça e religião para se beneficiar. O perigo do artigo 1º é a livre orientação sexual. Esta é a primeira porta para a pedofilia. É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano.
--------------------------------------------------------------------------------
Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de 2 a 5 anos.

Comentário: Não serão os pais que vão determinar a educação dos filhos — porque se os pais descobrirem que a babá dos seus filhos é homossexual, e eles não quiserem que seus filhos sejam orientados por um homossexual, poderão ir para a cadeia.
------------------------------------------------------------------------------
Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.
--------------------------------------------------------------------------------
Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: O princípio do comentário é o mesmo que o do anterior, com um agravante: a preferência agora é dos homossexuais; nós, míseros heterossexuais, podemos também ter direito à livre expressão, depois que é garantida aos homossexuais. O parágrafo do artigo que vamos comentar a seguir "constituiu efeito de condenação".
--------------------------------------------------------------------------------
Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.

Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual. É a ditadura da minoria querendo colocar a mordaça na maioria. O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião.

Fonte: Associação Vitória em Cristo
http://www.ubeblogs.net/2011/05/pl-1222006-e-inconstitucional.html

Este conteúdo está autorizado para cópias desde que haja citação de fonte de origem, a Associação Vitória em Cristo. Reproduza-o informando que é permitido copiá-lo. Mantenha-se informado sobre o assunto: Pr. Silas Malafaia no Twitter.

Por Eliseu Antonio Gomes

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Além do casamento gay e adoção de crianças por homossexuais, saiba o que muda com a decisão do STF

Enquanto o povo de Deus andam se degladiando (Os grandes pastores da mídia brigando entre si, a CGADB se esfacelando em brigas internas e denominações brigando umas com as outras), olha o que satanás anda fazendo .

Os casais homossexuais têm os mesmos direitos e deveres que a legislação brasileira já estabelece para os casais heterossexuais. A partir da decisão de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF), o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo será permitido e as uniões homoafetivas passam a ser tratadas como um novo tipo de família.


O julgamento do Supremo, que aprovou por unanimidade o reconhecimento legal da união homoafetiva, torna praticamente automáticos os direitos que hoje são obtidos com dificuldades na Justiça e põe fim à discriminação legal dos homossexuais. “O reconhecimento, portanto, pelo tribunal, hoje, desses direitos, responde a um grupo de pessoas que durante longo tempo foram humilhadas, cujos direitos foram ignorados, cuja dignidade foi ofendida, cuja identidade foi denegada e cuja liberdade foi oprimida”, afirmou a ministra Ellen Gracie.

Pela decisão do Supremo, os homossexuais passam a ter reconhecido o direito de receber pensão alimentícia, ter acesso à herança de seu companheiro em caso de morte, podem ser incluídos como dependentes nos planos de saúde, poderão adotar filhos e registrá-los em seus nomes, dentre outros direitos.

As uniões homoafetivas serão colocadas com a decisão do tribunal ao lado dos três tipos de família já reconhecidos pela Constituição: a família convencional formada com o casamento, a família decorrente da união estável e a família formada, por exemplo, pela mãe solteira e seus filhos. E como entidade familiar, as uniões de pessoas do mesmo sexo passam a merecer a mesma proteção do Estado.

Facilidade

A decisão do STF deve simplificar a extensão desses direitos. Por ser uma decisão em duas ações diretas de inconstitucionalidade – uma de autoria do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e outra pela vice-procuradora-geral da República, Deborah Duprat -, o entendimento do STF deve ser seguido por todos os tribunais do país.

Os casais homossexuais estarão submetidos às mesmas obrigações e cautelas impostas para os casais heterossexuais. Por exemplo: para ter direito à pensão por morte, terá de comprovar que mantinha com o companheiro que morreu uma união em regime estável.

Pela legislação atual e por decisões de alguns tribunais, as uniões de pessoas de mesmo sexo eram tratadas como uma sociedade de fato, como se fosse um negócio. Assim, em caso de separação, não havia direito a pensão, por exemplo. E a partilha de bens era feita medindo-se o esforço de cada um para a formação do patrimônio adquirido.

Fonte: Estadão